Na noite de ontem (28), Alessia Cara foi um dos destaques do Grammy Awards por ser uma das poucas artistas femininas a levar um gramofone dourado para casa – e detalhe: foi a primeira vez da Alessia sendo indicada na premiação.

Cara concorria em Best New Artist com SZA, Lil Uzi Vert, Khalid e Julia Michaels. Todos esses artistas lançaram seus álbuns de estreia em 2017, enquanto o “Know-It-All” foi lançado em 2015. De qualquer forma, a categoria premia o artista recém-chegado que alcançou maior êxito no ano de sua indicação, e Alessia encaixava em todos os pré-requisitos para ser indicada.

Após o anúncio do resultado, muitas pessoas demonstraram sua insatisfação pela escolha do vencedor nas redes sociais – principalmente os fãs da SZA, que era a favorita da categoria. Incomodada com o ódio que está recebendo nas redes sociais, Alessia resolveu se abrir e falou sobre o assunto em um grande texto publicado em seu Instagram:

Sobre a aparente repercussão a respeito de ganhar algo que eu não tive controle sobre: eu não loguei no grammy.com e me nomeei. Não é assim que funciona. Eu também não pedi para ser nomeada porque existem outros artistas os quais merecem o reconhecimento. Mas eu fui nomeada e ganhei e eu não vou ficar chateada com algo que eu queria desde criança, sem mencionar que trabalhei duro para isso. Eu quis dizer tudo o que eu disse sobre todos merecerem a mesma chance. Há um grande problema na indústria que perpetua a ideia de que o talento e trabalho duro de um artista devem ficar atrás de popularidade e números. E eu estou ciente de que a minha música não foi lançada ontem, eu estou ciente de que, sim, minha música se tornou bastante popular no ano passado. Mas eu estou tentando muito usar a minha plataforma para falar sobre essas coisas e evidenciar os problemas injustos, tudo enquanto tento tirar o máximo do sucesso esquisito e incrível que eu tive a sorte de ter. Eu não vou deixar que tudo que eu trabalhei duro para ter seja diminuído por pessoas ofendidas pelas minhas realizações e que sentem a necessidade em me dizer o quão porcaria eu sou. Aqui vai algo engraçado! Eu me acho uma porcaria desde que eu já era velha o suficiente para entender o que significava porcaria. Eu superei vocês nisso. E é por isso que isso significa tanto para mim. Apesar das minhas 183625 inseguranças, me foi mostrado que o que eu tenho criado vale algo e que as pessoas se importam. Todos os anos sentindo que eu não era boa em nada ou então que eu era ingênua por sonhar com algo improvável valeram a pena de um jeito que eu ainda tenho que processar. Eu sei que soa brega e estúpido, mas é a verdade honesta. Obrigada a todos que têm me mostrado bondade e apoio ao longo do caminho. Eu vou parar de falar agora.